Atracções dos Açores, Sobre os Açores

Qual é a melhor ilha dos Açores para visitar?

What is the best Azores Island to visit

Haven Hill

350.00 Haven Hill
Haven Hill é uma moradia modernamente renovada pela Azores Properties. Situado na Horta, numa propriedade privada de 23.000 m2. Tem vários quartos, piscina, ar condicionado, privacidade e dois terraços com uma vista única sobre a baía da Horta e para a ilha do Pico e São Jorge. Acomoda até 7 pessoas

Casa do Mar

130.00 Casa Atlantida
A "Casa do Mar" é uma casa de pedra com vista panorâmica sobre o oceano e o pôr do sol, com acesso direto ao mar. Tem um quarto com vista para o mar, uma sala de estar com uma cama individual e televisão, uma casa de banho e uma cozinha equipada (máquina de lavar loiça e utensílios domésticos). A roupa de cama e as toalhas são fornecidas. Pedimos-te que pagues 25 euros por pessoa no momento do check-in para impostos e taxas não incluídos. A casa é nova e está decorada de forma acolhedora

Duplo Álamo Oliveira

Os quartos duplos do Memória Hostel foram concebidos para acolher casais ou duas pessoas em cama de casal. A organização do espaço e a harmonização das cores foram concebidas para refletir o pensamento e a sabedoria de algumas das personalidades mais marcantes da nossa cultura.

Os Açores são 9 ilhas exuberantes no meio do Oceano Atlântico. Situam-se a cerca de 1.500 km da costa de Portugal e estão suficientemente afastadas umas das outras, com exceção das três ilhas do Faial, Pico e São Jorge (o Triângulo dos Açores). Vamos descobrir qual é a melhor ilha dos Açores para visitares.

No entanto, as 9 ilhas estão distantes umas das outras, divididas em três grupos: O Grupo da Páscoa (São Miguel, Santa Maria), o Grupo Central (Terceira, Såo Jorce, Graciosa, Pico e Faial), o Grupo Ocidental (Flores e Corvo). Destes, apenas o grupo central tem um serviço regular de ferry que os liga no verão, enquanto o Faial, o Pico e São Jorge têm ferries diários durante todo o ano.

Por isso, antes de chegares com a tua companhia aérea preferida, é melhor escolheres as ilhas que queres visitar e planeares a tua viagem em conformidade, reservando voos inter-ilhas e ferries, especialmente durante a época alta, entre junho e outubro.

Cada ilha tem um ambiente diferente e oferece paisagens igualmente deslumbrantes. Primeiro, vamos analisar os pontos altos de cada ilha e, depois, mostrar-te-emos os itinerários possíveis com base no tempo de que dispões para a tua visita. Mesmo que tenhas apenas uma semana, garantimos-te que terás uma experiência inesquecível nos Açores!

Destaques de cada ilha

Corvo

  • O Caldeirão

Caldeirão Corvo Ilha Açores

Uma das mais magníficas caldeiras dos Açores: o “Caldeirão”, Ilha do Corvo


Faial

  • Vulcão dos Capelinhos

Ilhas dos Açores

O mundialmente famoso Vulcão Capelinhos, emergiu do mar em 1957

O vulcão dos Capelinhos esteve submerso até 1957, altura em que uma erupção de um ano e meio fez com que criasse uma ilha (Ilha Nova) e depois preenchesse a lacuna, acrescentando mais 2,4 km quadrados de terra desolada à parte sudoeste do Faial. É um local fascinante para visitar e tem um centro de interpretação construído na zona, com muita informação sobre o acontecimento.

  • A Caldeira

Entra na Caldeira do Faial

A enorme caldeira do Cabeço Gordo, com 400 m de profundidade e 2 km de largura

A “Caldeira” é na realidade o topo desmoronado do Cabeço Gordo, um vulcão de 1000m que explodiu há cerca de 1000 anos. Tem 2 km de largura e 400 m de profundidade. Para além da magnífica vista do cume, podes caminhar à volta da caldeira (8 km – fácil) ou descer à caldeira propriamente dita, mas para isso precisas de um guia autorizado (por razões de segurança e ambientais).

  • Varadouro

Piscinas Naturais no Varadouro I - Faial - Açores

As belas piscinas naturais do Varadouro, no Faial

Entre as muitas praias e piscinas naturais que o Faial tem para oferecer, o Varadouro é a mais visitada, tanto por locais como por turistas, devido à sua posição espetacular e aos serviços oferecidos. É vigiada (no verão), tem duches e casas de banho, e há um “bar de praia” e dois restaurantes a uma curta distância.

O Faial deve ser considerado a melhor ilha dos Açores para praias, pois é a única que tem muitas, tanto de areia preta como branca.


Flores

  • Poço da Ribeira do Ferreiro – Faja Grande

Fajã Grande - Flores - Açores

A incrível paisagem criada por centenas de quedas de água nas Flores

  • Baía de Alagoa

Baía de Alagoa - Flores - Açores

Berço dos primeiros colonos das Flores, a baía de Alagoa é agora um parque de campismo com uma localização deslumbrante


Graciosa

  • Furna do Enxofre

Furna do Enxofre - Graciosa - Açores

A gruta profunda da Furna do Enxofre na Graciosa

  • Termas do Carapacho

Termas do Carapacho - Graciosa - Açores

Relaxa na água termal das Termas do Carapacho, Graciosa


Pico

  • Escalada do Pico

Montanha do Pico - Pico - Açores

Sobe à montanha mais alta de Portugal (2351 m )

A subida ao Pico (2351m de altitude) não é um percurso fácil, sobretudo a descida, mas pode ser feita por pessoas de qualquer idade e em boa forma física. Embora seja possível fazer a subida sozinho, sugerimos que contrates um guia experiente. A subida não é demasiado técnica, mas os conselhos sobre o caminho a seguir e o que evitar são certamente úteis. O caminho está bem marcado mas, mesmo assim, devido à natureza rochosa da caminhada, é sempre possível magoares-te se abordares o caminho de forma errada.

  • Património da Unesco: Os muros secos protegiam as vinhas

Vinha Património Mundial da Unesco - Pico - Açores

Explora as incríveis vinhas do Pico

A intrincada rede de pequenos muros secos que protegem as vinhas é um local único e fantástico para passear. Cada “célula” tem apenas um punhado de plantas no seu interior, protegendo-as assim do sal e do vento vindos do Oceano. Embora a parte ocidental da ilha esteja coberta por estas curiosas vinhas, uma grande parte está agora abandonada, embora nos últimos anos tenha havido um ressurgimento devido a estrangeiros e empresários locais que estão a criar novas empresas vinícolas.


Santa Maria

  • Ribeira de Maloás

Ribeira de Maloás - Santa Maria - Açores

Formação geológica única que resultou do contacto da lava com o mar

  • Baia de São Lourenco

Baia de São Lourenco - Santa Maria - Açores


São Jorge

  • Fajã do Santo Cristo

Fajã do Santo Cristo - São Jorge - Açores

Aprecia a surreal Fajã (fluxo de lava) de Santo Cristo em São Jorge

“As fajãs são basicamente fluxos de lava de erupções antigas que criaram, ao longo de milénios, novos territórios de terras baixas que se projetam para o oceano. algumas delas são bastante grandes e nelas foram construídas aldeias, graças ao clima mais ameno, à posição abrigada e às possibilidades agrícolas. A Fajã da Caldeira do Santo Cristo é uma das mais famosas, consistindo na verdade em duas fajãs distintas, ligadas por um trilho que é uma boa caminhada para fazer. Há um bar perto das lagoas criadas pela tempestade no inverno e é um lugar mágico para relaxar e passar o tempo a explorar.

  • Fajã do Ouvidor

Faja do Ouvidor São Jorge Açores

Mais uma paisagem tipo “Fim do Mundo” na Fajã do Ouvidor

A Fãja do Ouvidor tem uma forma espetacular de se apresentar quando se percorre a estreita estrada que a ela conduz. No fundo do mar existem algumas piscinas naturais e um pequeno porto de abrigo, um local ideal para desfrutar do sossego e das fantásticas vistas da Graciosa e da Terceira num dia de céu limpo.

Ponta dos Rosais - São Jorge - Açores

Observa cinco ilhas dos Açores de um ponto de vista espetacular

Na ponta ocidental de São Jorge, a espetacular zona da Ponta dos Rosais oferece uma vista inigualável sobre as cinco ilhas do Grupo Central dos Açores (São Jorge, Graciosa, Terceira, Pico e Faial). Além disso, há um farol bem preservado (operacional, não aberto ao público) e uma velha Vigia da Baleias restaurada que costumava ser uma instalação de observação para os baleeiros para – adivinhaste – avistar baleias que passavam para fins de caça. Felizmente, a caça às baleias foi proibida há muito tempo, mas com um pouco de sorte poderás avistá-las com o telescópio que te é fornecido e que circula livremente pela ilha.

Secagem do café na Fajã dos Vimes - São Jorge

Grãos de café a secar ao sol no Café Nunes, na Fajã dos Vimes

Entre as dezenas de fajãs de São Jorge, a Fajã dos Vimes tem um atrativo curioso para oferecer aos viajantes. No Cafē Nunes podes desfrutar de um bom expresso feito na casa do início ao fim. O café, gerido por uma família, tem muitas plantas de café nas suas terras e todo o processo de cultivo, secagem e torrefação dos grãos de café é feito no local, tornando-o assim um tipo de bar verdadeiramente diferente num local inesperado.

Graças a estas características muito peculiares, São Jorge pode ser uma das candidatas a ser definida como a melhor ilha dos Açores, e é certamente uma das mais selvagens e acidentadas!


São Miguel

  • Sete Cidades

Sete Cidades - São MIguel - Açores

A mundialmente famosa paisagem das Sete Cidades em São Miguel

  • Lagoa do Fogo

Lagoa do Fogo - São Miguel - Açores

Um lago de cratera que parece pairar sobre o Oceano

  • Furnas

Banhos termais Furnas Açores

As melhores águas termais dos Açores, bebe uma chávena de chá enquanto relaxas rodeado por uma natureza exuberante

  • Plantações de chá

Plantação de Chá - São MIguel - Açores

O único lugar na Europa onde o chá cresce feliz e delicioso

Em termos de quantidade de atracções e maravilhas naturais, São Miguel pode certamente ser considerada a melhor ilha dos Açores para visitar, no entanto, pela mesma razão, é também a mais concorrida, especialmente no verão.

Terceira

  • Miradouro da Serra do Cume

Miradouro da Serra do Cume - Terceira - Açores

Uma vista magnífica do Miradouro sobre o vale abaixo, com o seu labirinto caraterístico de campos cultivados

  • Algar do Carvao

Algar do Carvão

O antigo tubo de lava está classificado como “Monumento Nacional Regional” devido às suas características peculiares


Itinerários

Então, se tens pouco tempo para as tuas férias, qual é a melhor ilha dos Açores para visitar? Qual o grupo de ilhas que deves visitar? A resposta está basicamente no tempo que tens para as tuas férias

7 dias: São Miguel

São Miguel é suficientemente grande e tem muitas atracções para ser considerada uma opção em si mesma. A ilha oferece suficientes coisas para ver e fazer para valer a pena ser explorada durante uma semana ou mais. É de longe a rota mais fácil, porque há voos directos de várias cidades europeias e americanas.


7 dias: O Grupo Ocidental

Dada a distância a que se encontra o grupo ocidental (Flores e Corvo) e a relativa pouca frequência de voos das outras ilhas, esta é uma viagem separada que deve ser planeada. A partir de Ponta Delgada podes voar para as Flores ou para o Corvo.


10 a 15 dias: O Triângulo

O chamado triângulo compreende o Faial, o Pico e São Jorge. em 10 a 15 dias ou mais, podes visitar e desfrutar das três ilhas e, o melhor de tudo, podes fazê-lo sem voos adicionais, porque as três ilhas estão ligadas por um serviço de ferry durante todo o ano.

Este passeio pode ser feito com uma viagem de ida e volta de Lisboa para o Faial, a partir daqui podes deslocar-te entre as três ilhas utilizando o serviço de ferry da Atlantico Line (Faial-Pico 20 min, Pico- São Jorge 1 hora e meia)


10 a 15 dias: Grupo Oriental + Terceira

O grupo oriental é constituído por São Miguel e Santa Maria, sendo que a Terceira faz parte do grupo central, mas a frequência de voos entre estas três ilhas faz com que seja um circuito por si só a realizar em 10 a 15 dias. Há voos diários entre as ilhas.


20 dias: O Grupo Central

O “Grupo Central” é basicamente o “Triângulo” com a adição da Terceira e da Graciosa. Durante o verão (de junho a outubro) há serviços regulares de ferry entre todas elas, o que te dá a oportunidade de explorar 5 ilhas em 20 dias ou mais, sem voos adicionais. No entanto, o ferry que faz a ligação entre a Graciosa e a Terceira (Linha Branca) funciona duas vezes por semana (segunda e sexta-feira), pelo que a viagem tem de ser cuidadosamente planeada. No entanto, se perderes um ferry, terás a possibilidade de fazer um percurso de avião. Os voos entre as ilhas custam normalmente 60 a 80 euros por trajeto.

30 dias ou mais: Todos os nove saltos pelas ilhas dos Açores

Dado que cada ilha tem o seu próprio aeroportoembora muito pequenas em alguns casos, é perfeitamente possível planear uma viagem por todas as 9 ilhas, combinando voos e ferries (onde e quando possível). Devido aos muitos transbordos e desafios logísticos, esta viagem precisa de pelo menos um mês (ou mais) para ser viável.

Então, qual é a melhor ilha dos Açores?

É provavelmente impossível responder, uma vez que cada ilha tem peculiaridades e atracções que te deixarão sem palavras, e uma cultura e tradições muito particulares e diferentes umas das outras. De qualquer forma, para aqueles que já estiveram neste arquipélago paradisíaco, convidamos-te a participar na sondagem e a dizer-nos qual é a melhor ilha dos Açores!

Trail running no Faial – Visita privada

80.00 Our Island, Lda
O trail running no Faial é uma forma divertida de conheceres a ilha. O Trilho dos 10 Vulcões é, sem dúvida, o melhor percurso de trail running de média distância no Faial e faz parte da prova Azores Trail Run. Este trilho oferece uma forma fácil de ver as vistas para aqueles que levam os seus ténis de corrida consigo para onde quer que vão.  

Escalada da Montanha do Pico

75.00 goclimbazores
É um prazer convidar-te a juntar-te a nós nesta aventura até ao cume da Montanha do Pico! Esta é a experiência mais emblemática e marcante dos Açores, ideal para quem tem boa condição física, mesmo sem experiência de montanhismo. Hora de início: entre as 6h e as 8h Duração média: 7 horas

Excursão de meio dia às grutas

50.00 Tripix Azores
Mergulha num mundo subterrâneo misterioso e surpreendente. Explora algumas das centenas de cavidades vulcânicas escondidas sob a ilha do Pico. Numa aventura verdadeiramente excecional, deslumbra-te com as maravilhas geológicas das formações lávicas extraordinárias e dos microrganismos que se desenvolvem nas profundezas da terra e no coração da natureza. Mime-se com uma experiência gastronómica, desfrutando de um almoço e degustando produtos locais que reflectem a autenticidade da cozinha local.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *